Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Erros comuns dos caras num primeiro encontro’ Category

– É realmente muito estranho se ela estiver interessada em você. Afinal, você é um 6 e ela certamente é um 10.

– Como assim eu sou um 6 ela é um 10?

– Você é nota 6! Ela é nota 10!

– Quem disse?

– EU estou dizendo! É só checar as evidencias, somar tudo num total, que você tem a nota.

– Nada a ver.

– Vamos aos fatos: ela é gatíssima, e você… convenhamos. Ela está na plena forma física, você precisaria de bons meses de dieta e treino. Ela se veste bem pacas, já você… aquela tua mesma blusa de sempre, tenha dó! Ela tem um trabalho super descolado, bem remunerada e mora sozinha num apartamento bem localizado, enquanto você tem um carro velho, mora com os pais e tem um sub emprego. Ela…

– CHEGA!!! Eu já entendi o seu ponto. (… silêncio…) E você, que nota você é?

– Eu sou um 8.

– 8? Porque você é 8 e eu sou um 6?

– Sim, somos muito semelhantes na maioria dos aspectos, o que leva a crer que temos a mesma nota. Porém, eu sou mais alto que você e toco numa banda.

– Mas você nem carro tem! O meu é velho mas eu não ando de coletivo.

– Mas eu posso dizer que sou alternativo e que contribuo pro planeta. E você, como vai justificar seu carro caindo aos pedaços?

– Na boa velho, vamos parar com esse papo… e procurar um bar lotado de minas nota 4.

* diálogo livremente adaptadodo filme “Ela é demais pra mim”. 

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 10: ficar se gabando. Falando com um novo grupo de amigas, elas elencaram mais esse defeitinho nos caras que estão saindo com elas pela primeira vez. O que acontece é que quando você sai pela primeira vez com uma mina nova, você quer provar pra ela que você é o cara, e que dar pra você é a melhor coisa que ela pode fazer na vida! Ok, a idéia é isso mesmo, você tem que convence-la. “Convence-la”, mas não ser “convencido”. Alguns caras caem no tradicional erro do “ego inflado”. Cuidado! Nós já havíamos falado sobre isso aqui, no Arte da Guerra – para os canalhas. Você deve se valorizar, mas nunca contar vantagem. A mulherada odeia quem se acha demais. Existe uma tênue linha que divide a admiração que ela possa sentir por você pro ódiozinho por você ser tão arrogante e babaca. Sim, a mulherada tá cada vez mais jogo duro, mermão.

O segredo pra não tropeçar nisso é: seja humilde. Ser humilde não é ser uma pessoa muito simples e altamente decifrável. A humildade não está em não ter nada, e sim em ter muito mas não contar vantagem. Humilde não é quando você não tem porra nenhuma, mas sim quando você tem pra caralho, mas não é petulante. Cultive a humildade em você na hora de um encontro romântico.

Exemplo “crássico”: você tem olhos verdes que sempre fizeram a mulherada pagar um pau. No primeiro encontro com a gata ela diz pra você algo do tipo “alguém já disse que seus olhos são lindos?”. No que você responde:

a) sim, direto falam isso. Principalmente menininhas apaixonadinhas.

b) não! Tenho mesmo? Caralho, e eu perdendo tempo aqui…

c) deve ser o seu reflexo. (como eu sou romanticuzão!)

(para ver o anterior da série, clique aqui)

Read Full Post »

Cá estava eu zapeando a TV quando passo por um filminho chupeta que fez muito sucesso: Lua Nova. Ok, se você for uma fã desse triller eu até respeito, mas… saia desse blog que não é a sua. Eu não sou nada fã dessas porcarias e acho que é um enlatado pra adolescentes. Já falamos da série aqui: https://manualdocanalha.com.br/2010/02/18/tira-crespusculo/

Mas o meu ponto aqui é pra interessante cena do filme, a qual eu lembro agora: Bella, a protagonista, vai no cinema com Jake, galazão apaixonadão e juvenil, e um outro coxinha que também está apaixonado por Bella. Ambos estão apaixonados por ela, o que eu não entendo visto que ela, ok é bonita sim, mas também não é tudo isso. Jake está cabeludão, apaixonadão e tenta de todas as formas pegar na mão dela mas ela não deixa. Aí ele fala algo do tipo “e aí, eu sei que você está a fim, o que está pegando?”. Aí ela vem com o papinho típico: “eu tô confusa, mas eu preciso de você. Tenho medo de estragar tudo.” E ele, como bom niceguy manda um “eu sei que é por causa dele (o ex). Mas eu, diferente dele, eu nunca vou te abandonar. E eu não vou desistir de você.” Aí ela arremata, como boa mulher armadilha que é: “Eu não quero que você desista.” Sim, já falamos disso aqui: https://manualdocanalha.com.br/2010/01/18/mulher-armadilha/. Coitado.

Aí os dias passam e o cara simplesmente some e não dá mais trela alguma pra ela, não por ser um canalha e ter uma estratégia, mas sim porque está virando um lobisomem e não sabe. Puts, virar um lobisomem deve ser foda mesmo… Mas aí o que acontece? Bella simplesmente começa a ir atrás do cara a todo custo. E por fim acaba levando um puta fora, ele até manda um “Não é você, sou eu” pra ela. Hahá! De cara eu lembrei que já falamos disso aqui também, num post da série A Arte da Guerra – para os canalhas. Saca só: https://manualdocanalha.com.br/2008/05/01/a-arte-da-guerra-para-os-canalhas-5/

Enfim, a vida imita a arte e a arte imita o Manual do Canalha Padrão.

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 9: alface. Simples: se ela sujar o dente enquanto comer, avise na hora. Pode ser o dente, um cílio na cara, essas coisas. Avise na hora. Se você não avisar, pode tanto sair naturalmente como não sair a noite toda. E você vai ficar olhando praquilo. Além disso, como você vai beijar naturalmente a mina com aquilo ali. E se ela chegar em casa e ver que estava com aquilo vai te odiar por não ter avisado. Você também odiaria ter passado a noite com a mina olhando pra alface no teu dente. Avise, porra!

(para ver o anterior da série, clique aqui)

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 8: nem sede ao pote nem vagareza. Pode parecer difícil entender o limiar entre uma coisa e outra: de um lado um extremo é “ir com muita sede ao pote” e do outro “ser muito marcha lenta”. Normalmente mulher não gosta de nenhum dos dois extremos. Então vamos ao romance “O beijo e a foda”.

Sobre o beijo:

se você nem sequer beijar a mina no primeiro encontro, vocês ainda serão apenas bons amigos, o que não é sua meta e muito provavelmente não é a meta dela também. Mas, você não deve nem querer sair beijando a todo custo e nem ficar na segunda e não beijar nunca. Você tem que saber a hora certa de dar o bote, mas não pode se precipitar.

Dicas para dar o bote (beijar):

se estiver de pé, segure na cintura dela e puxe ela pra perto, sem muito tranco e força, mas sem parecer uma bixa… se ela não esquivar e se deixar levar, BEIJA!

se estiver sentado, vai envolvendo ela com teu chaveco de jacaré e passe bem de leve sua mão no cabelo dela e faça carinho no rosto. Se ela deixar, BEIJA!

Duas ressalvas: 1) não desista se ela resistir uma vez, é charminho de mulher. Mas saia fora se tentar 2 ou 3 e ela não permitir. Se possível saia fora com classe, como se não estivesse perdendo nada, quem está perdendo é ela (mesmo que isso não for verdade).

2) muita mina não gosta que pegue muito no cabelo dela, então não enfie a mão como se você fosse um cabeleireiro, porra.

Sobre a foda:

o que acontece é que quando saímos com uma gata nova pela primeira vez é fato que “sexo” estará na cabeça do cara. A mina também pensa em transar com o cara, mas é o cara que vai sempre querer ir pras vias de fato independente de qualquer coisa. Se ele está a fim da mina ele quer transar com ela. Por outro lado é meio que uma “função” natural da mina ser a guardiã da vagina sagrada. Então nem sempre elas dão depois do encontro, mesmo que muitas vezes queiram isso. A sua função de hommo machus é sempre fazer a tentativa. Ok, faça a tentativa, mas tenha bom senso. Só tente partir pra segunda etapa quando as anteriores já estiverem completas. Uma das nossas amigas compartilhou uma história real: cara super legal levou-a pra jantar e mal tinham acabado de chegar ao restaurante ele já começou a dar indiretinhas tipo “onde vamos acabar noite”, “vamos daqui pra outro lugar”, “o ruim daqui é que não estamos à vontade”. Take it easy, man! Vá com calma. Se o assunto surgir, beleza, mas nada de afobamento e achar que meter com ela naquela noite é tudo que você tem a fazer no resto de suas vidas. É um target, mas deve ser alcançado com inteligência.

(se quiser ver o capítulo anterior clique aqui)

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 7: seja gentil sem forçar a barra. É fato: a maioria das mulheres gostam de gentilezas como abrir a porta do carro, deixar ela passar na frente, puxar a cadeira, essas coisas. Mesmo que algumas sejam indiferentes, por atos gentis e educados, pontos você não perderá.

Por outro lado, nós homens na maioria dos casos pouco nos importamos com costumes como esses. Particularmente, até me considero um cara bem educado nesse sentido, mas acho absolutamente ridículo ficar abrindo a porta do carro pra uma mina. Talvez isso até fizesse sentido no passado, quando as damas deviam subir em nossas carruagens. O fato é que depois do acessório ‘trava elétrica’ esse costume, em minha opinião, tornou-se obsoleto e desnecessário.

Porém, repito aqui, pouco importa a nossa opinião sobre as coisas. O objetivo no final das contas é somar pontos no encontro e se dar bem, não é mesmo? Assim sendo, vamos chegar num consenso: seja gentil. Faça com que ela se sinta especial. Mas cuidado, nenhuma mulher gosta de excesso de gentilezas, ou atos mecânicos e forçados. Se você agir de cara feia, provavelmente ela vai perceber. Uma amiga disse que no primeiro encontro o cara trouxe flores pra ela. Não compromete, mas meio estranho. Porém quando o cara no segundo encontro veio com mais flores, aí deu dó. O cara ia ficar a vida inteira trazendo flores é?

(pra ver a dica anterior, clique aqui)

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 6: convidar outras pessoas. Jamais! Se você convidou a mina pra sair e ela topou, é só você e ela. Não convide mais ninguém. Lembra quando você estava na escola, começava uma briga entre seu amigo e outro cara, você queria ajudar o seu amigo e alguém chegava, colocava a mão no seu peito e dizia algo do tipo “deixe que os dois se entendam”. Pois é: mano a mano! Dois contra dois, isso é o justo. Não, você não vai brigar com a mina, porra. Mas, não é justo você chama-la pra sair e combinar que um casal de amigos encontre você, por exemplo. A propósito, aqui fica uma dica: se ela falar pra você que vai algum conhecido dela no encontro de vocês, fuja da roubada. Primeiro encontro é só você e a gata.

Uma amiga me contou a deprimente vez que um carinha a chamou pra sair, o cara era até legal e ela topou. Ele a levaria numa pizzaria e ela achou o convite legal. Pra surpresa e decepção dela, no caminho ele disse que a família dele também estaria lá. Minha amiga ficou sem saber o que fazer e acabou indo com o cara. Disse que foi uma bosta, que chegou lá e a mãe do cara ficou tratando ela como nora, o que ela detestou visto que nem conhecia a figura ou o filho babaca dela direito. Sem contar que ele nem se quer chegou perto da lingerie especial que ela comprou pra ocasião.

(se quiser ver o post anterior dessa aclamada série, clique aqui)

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso.

Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postamos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 5: falar coisas estranhas. Você não deve ficar o tempo todo medindo as suas palavras. Não ser natural, não ser você mesmo pode ser um erro. Por outro lado, não fale coisas estranhas, assuntos muito polêmicos. Fuja de papos como política, aborto, machismo e, pros fanáticos, até futebol acaba sendo um tema ruim. Pra um primeiro encontro, atenha-se ao papo feijão com arroz. Pra quê falar de traumas de infância, se você pode falar das suas preferências cinematográficas? Por que ficar falando que você se arrepende de alguns atos devido a embriagues, se você pode elogiar a beleza da moça? Falar de ex-namorada? Alô-ô?

Aliás, não tem erro, fale menos e escute mais. Mulheres adoram falar e serem ouvidas. Deixe que ela fale e a sua parte será muito simples: dar atenção a ela.

Fuja de papos estranhos e pesados e atenha-se no básico pra não escorregar nas palavras.

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postaremos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 4: bebidas e gostos. Muitas vezes você sai com uma mina que não tem o paladar tão apurado ou gosto refinado quanto você tenha. Ou simplesmente tem um gosto completamente diferente que o seu. Vale à pena deixar a mina sempre a vontade de beber e comer o que ela quiser e escolher. Às vezes você, pra querer impressionar, pede um vinho tinto super encorpado e mostra toda sua habilidade de sommelier, mas nem se lembra de perguntar se a gata gosta ou não de vinho. Com certeza você contará mais pontos em ouvir a opinião dela do que em mostrar sua eficiência de enochato.

Esse é o quarto post da série. Se estiver afins, veja o erro número 3 aqui – http://wp.me/p5eiz-CS

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postaremos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 3: dividir a conta. É chabu: você tem que se prontificar em pagar a conta, sim! Pelo menos no primeiro encontro. Você pode achar isso sacanagem, certo, errado ou o que for… Nesse momento não interessa a sua opinião! O que interessa é que você quer somar pontos ao ser cavalheiro nesse sentido e se você não se prontifica, você pode minar uma futura foda… Aliás, tem muita mina que já desiste totalmente do cara aí! Não pagou a conta já era. Uma das nossas entrevistadas defendia que num primeiro encontro ela compra roupa nova, vai no cabeleireiro, faz as unhas, escova no cabelo, tinge o cabelo… e coisas que agente nem imagina. Se você tem que pagar a conta a verdade é que, se a mina for um filezinho mesmo, ela já gastou muito, pra estar ali gatinha daquele jeito.

Agora, se no decorrer do relacionamento você vai continuar bancando ela ou não, aí já é outra história…

(veja o erro número 2 aqui: https://manualdocanalha.com.br/2010/09/02/erros-comuns-dos-caras-num-primeiro-encontro-2/)

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postaremos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 2: estar mal vestido. Ou estar vestido inadequadamente. Evite camisetas de bandas de rock, regatas coladinhas, estampas muito extravagantes, camiseta de time de futebol, pochete(na verdade evite esta sempre!), chinelos… O primeiro passo é admitir que você não é um cara muito ligado a moda. Até aí tudo bem. Mulher também não gosta de cara extra mega metrossexual. Mas, elas geralmente dão muita importância para a vestimenta e o bom senso do cara. Se você admitir ser um desses caras que não está totalmente conectado com a moda, para estar vestido apropriadamente e sem muita frescura não tem erro: aposte num jeans discreto e legal, um sapatenis de qualidade e uma camiseta pólo, ou, dependendo do lugar onde vocês irão, numa camisa de cor discreta e modelo esportivo. E, lembre-se, você pode não ligar pra qualidade ou marca das roupas, mas, elas com certeza reparam. Vale à pena ter em seu armário uma ou duas peças realmente boas pra essas ocasiões.

E além da roupa, saiba se apresentar! O básico: corte e limpe as unhas! Use desodorante! Corte o cabelo! Escove os dentes e passe fio dental!

Mulher adora homem cheiroso, mas, nada de deixar a mina com dor de cabeça ou enjoo com seu cheiro doce…

Faça SEMPRE a barba. Você pode até ser um cara charmoso com a barba bem aparada ou por fazer, mas, tem muita mulher com pele sensível e que fica com a pele irritada com o roçar da barba. Eu nunca vi nenhuma mulher dizer que detesta homem com barba feita, já o contrário sim.

Veja o erro número 1 aqui: https://manualdocanalha.com.br/2010/08/24/erros-comuns-dos-caras-num-primeiro-encontro-1/

Read Full Post »

Conversando com pessoas, descobrimos que nós homens cometemos uma série de erros recorrentes e muito comuns quando se trata de um primeiro encontro. As mulheres que “estão na pista” reclamam muito disso. Portanto, tomamos opiniões de milhares de mulheres (na verdade, umas três amigas…) para identificar quais as principais gafes e erros e ainda identificar quais seriam os procedimentos corretos. E postaremos em forma de série aqui no Manual.

Erro número 1: não saber o lugar onde levar a gata. Elas não perdoam. Cara, se ela topou sair com você, meio caminho andado. Porém, mulher odeia cara indeciso e adora cara com atitude. Uma amiga me contou que o cara ficou 40 minutos com ela no carro mostrando a fachada de diferentes lugares pra ver se ela gostava ou não… Assim sendo, sempre que for sair com uma mina pela primeira vez, tenha em mente: antes você errar na escolha do lugar do que deixar pra ela decidir onde vocês irão e ficar com aquele papinho furado de “Onde nós vamos? – Não sei – Ah, escolhe você – Por mim tanto faz…”

Partindo da premissa de que você irá escolher o local, vamos às considerações finais sobre o lugar a ser escolhido:

– o local: não leve a mina num local que você desconheça o estilo/preço, etc. Mesmo que você nunca tenha ido ao local, pegue referências com os amigos, pesquise algo na net. Os riscos de cair numa roubada são imensos. Já pensou se a conta chega e você não tem bala pra bancar? Ou então se faz aquela cara de susto e, pior, fica sem grana pra segunda e mais importante etapa da noite? Pensar que seu cheque especial ficará estourado pro resto do mês pode comprometer totalmente seu nível de empolgação com a investida e naturalmente o da mina também, porque esteja certo: ela vai sacar!

– cozinha/estilo: outra roubada quanto a escolha do local é querer impressionar e pagar mico. Siga seu estilo, não invente moda no primeiro encontro. Pense que você poderá ir a um local mais sofisticado do que esteja acostumado e se atrapalhar com os talheres, por exemplo. Mico na certa! Ou ainda ir a um local que só entra com reserva prévia… Você banca o bacana e fica com cara de tacho!

– música: cara, independente do que você goste, evite locais que não sejam ecléticos, como um sambão de raiz ou um bar de heavy metal… E se ela não gostar? Se for rolar musica no lugar, opte pelo básico: MPB, música ambiente.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: